A utilização de uma ferramenta para procurement já permitiu uma economia de 65% dos objetivos da empresa até 2020.

A empresa suíça de fabricação de chocolates Nestlé está interessada em encontrar soluções de melhoria da eficiência nas suas operações para gerar entre 2 e 2,5 bilhões de euros até 2020, sendo que até agora já atingiu metade das metas pretendidas, no valor de cerca de 1,2 bilhões.

François-Xavier Roger, CFO da Nestlé SA, conta que as operações de procurement já geraram 65% das poupanças esperadas, enquanto as operações de fabricação ainda se encontram nos 35%. Também vê potencial na terceirização de uma parcela maior dos pedidos de compra da empresa em três centros da Europa, América Central e Ásia. Cerca de 60% das compras da Nestlé estão divididas entre estes centros, e a centralização poderá ser uma possível resposta para gerar a economia esperada.

“O foco tem sido a racionalização das aquisições e back-office”, revela Martin Deboo, analista de bens de consumo na Jefferies International Ltd, “pressentimos que a Nestlé esteja a ver um grande potencial nas economias dos custos de fabrico”. 

O CFO revela que neste sentido estão a fechar mensalmente uma fábrica e a reaproveitar as suas instalações, transferindo funções de fabricação entre os espaços. No ano passado a empresa abriu e fechou fábricas, ainda assim terminou o ano com 413 espaços. 

O que esse movimento tem a ver com sua empresa?


Apesar da notícia tratar sobre a Nestlé internacional, uma empresa centenária, isso mostra que se até ela está preocupada em gerar economia para tornar seu negócio mais saudável, você também deve ter essa atenção.

A adoção de soluções tecnológicas para facilitar o trabalho do comprador, tornar o que antes era manual ou feito “as cegas”, em algo que seja simples, rápido e principalmente econômico.

E por onde começar?


Pense que essa mudança estrutural é necessária para continuar perseverando em seu negócio. A simples implantação de um software para procurement não resolve por si só o problema. Faz-se necessário um conjunto de ações complementares, como falamos agora:

Treinamento de equipe


Mudar o mindset de seu time de compras e financeiro é fundamental para o sucesso dessa empreitada. Um time que trabalha engajado permitirá e tornará a mudança de postura muito mais facilitada.

Avaliação de fornecedores


Entendemos que sua empresa compre produtos de fornecedores durante anos, talvez décadas. Porém, talvez esteja na hora de reavaliar o quão rentáveis estão sendo ou medir a qualidade do serviço.

Talvez existam empresas novas no mercado, que seu time de compras nunca teve acesso e que possam lhe oferecer produtos mais rentáveis e uma qualidade de serviço muito melhor.

Busque um sistema de procurement qualificado


Até é possível manter uma operação de compras utilizando-se de planilhas ou uma série de post-its para saber o que, quando e de quem comprar seus produtos. Inclusive inviabiliza qualquer iniciativa para manter um programa de compliance, como falamos neste artigo. 

O que recomendamos é que você busque um sistema profissional de compras, tornando-se a arma poderosa seu comprador. Isso porque, ele terá num único local e sempre disponível: 

  • Histórico de preço de um produto;
  • Dados de cotações e pedidos de compras;
  • Portfólio de produtos por fornecedor / fabricante;
  • Capacidade de automatizar o processo de requisições de produtos por parte do público interno;
  • Conexão automática aos dados do sistema de gestão (ERP) interno da empresa;
  • Entre muitos outros atributos.

Crie uma conta gratuita no CotaPlus neste link.

Inscreva-se em nossos informativos

Faça sua inscrição e receba os últimos artigos, materiais e novidades de nossa plataforma profissional de compras.

Obrigado, sua inscrição foi feita com sucesso.